26/02/2018

Mercado de açúcar fecha a semana em queda no exterior e no Brasil

 

Após uma forte alta, os preços do açúcar voltaram a cair no mercado internacional, na última sexta-feira (23). Segundo os analistas consultados pelo jornal Valor Econômico, o dia na bolsa de Nova York foi de bastante oscilação. "De um lado o Brasil indica que terá uma produção mais alcooleira na temporada em detrimento do açúcar e, de outro, Tailândia, Índia e a União Europeia já anunciaram aumento na produção do adoçante", informou.

"No Brasil, a Unica informou que a produção de açúcar foi irrisória na primeira quinzena de fevereiro, enquanto o volume de etanol somou 69,7 milhões de litros", completou a nota do Valor de hoje (26).

No vencimento março/18, a commodity fechou com queda de três pontos, negociada a 13.68 centavos de dólar por libra-peso. Na tela maio/18, os preços do açúcar foram firmados em 13.46 centavos de dólar por libra-peso, baixa de 12 pontos. Os demais contratos caíram entre nove e 10 pontos.

No mercado de Londres, os preços do açúcar fecharam o lote maio/18 a US$ 361,90 a tonelada, queda de 1,00 dólar. No vencimento agosto/18, os preços caíram 1,50 dólar, com negócios fechados em US$ 360,50 a tonelada. As demais telas caíram entre 2,00 e 2,50 dólares.


Mercado interno

No Brasil, os preços do açúcar registraram baixa pela quinta vez consecutiva. A saca de 50 quilos do tipo cristal, de acordo com os índices do Cepea/Esalq, da USP, foi negociada a R$ 51,72, queda de 0,79% no comparativo com o dia anterior.

 
 

Fonte: Camila Lemos, Agência UDOP de Notícias

Compartilhe esta Notícia

Informativos Canaçúcar

Imprensa