11/10/2018

Dólar pressiona e açúcar recua 12 pontos em NY

 

As cotações do açúcar desvalorizaram em Nova York nessa quarta-feira (10). O motivo, de acordo com o jornal Valor Econômico de hoje (11) é que as cotações do açúcar foram pressionadas pelo dólar que passou por uma correção após ruídos na campanha presidencial do candidato Jair Bolsonaro. 

Os contratos futuros para março/19 foram firmados em 12.85 centavos de dólar por libra-peso, queda de 12 pontos. Na tela maio/19 os papéis foram negociados em 13.01 centavos de dólar por libra-peso, baixa também de 12 pontos. Os demais vencimentos retraíram entre 9 e 12 pontos. 

Em Londres os contratos futuros para dezembro foram firmados em US$ 356,50 a tonelada, valorização de 3,10 dólares. O vencimento para março/19 fechou em US$ 357,60 a tonelada, alta de 90 cents de dólar.


São Paulo

O indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal, estado de São Paulo, fechou em R$ 63,60/saca de 50 kg, valorizando 0,52% no comparativo com a véspera.


Etanol

Pelo índice Esalq/BM&F o etanol hidratado fechou em alta nessa terça-feira. O metro cúbico do biocombustível foi vendido a R$ 1.900,50, alta de 0,37% no comparativo com o dia anterior. Esta é a décima valorização consecutiva do biocombustível.

 

Fonte: Rafaela Giomo. Fonte: Agência UDOP de Notícias

Compartilhe esta Notícia

Informativos Canaçúcar

Imprensa