19/09/2019

Açúcar: contratos futuros fecham mistos nas bolsas internacionais

 Os contratos futuros do açúcar fecharam ontem (18) sem tendência definida nas bolsas internacionais. Em Nova York, o lote para outubro/19 valorizou 6 pontos e fechou cotado em 11 centavos de dólar por libra-peso. O vencimento para março/20 fechou em 12.07 centavos de dólar por libra-peso, queda de 3 pontos. Os demais contratos desvalorizaram entre 1 e 5 pontos.

Na bolsa de Londres os papéis para dezembro/19 fecharam cotados em US$ 321,00 a tonelada, alta de 20 cents de dólar. Na tela março/20 os contratos fecharam em US$ 326,10 a tonelada, valorização de 10 cents de dólar. O vencimento para maio/20 ficou estável, os demais desvalorizaram entre 40 cents e 2 dólares.

Ontem a JOB Consultoria divulgou uma nota revisando a safra. "Menor volume de exportações de açúcar deverá ser realizado. Estamos prevendo um total de 18,5 mi t para as exportações brasileiras de açúcar. Este volume modesto foi verificado no passado na safra 2007/08. Ou seja, retrocedemos 12 anos em exportação de açúcar, significando que atualmente temos no etanol combustível opção melhor de uso da cana que no passado".


Mercado doméstico

No mercado interno o açúcar cristal fechou em alta pelos índices do Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi comercializada ontem em R$ 60,89, valorização de 0,12% no comparativo com a véspera.


Etanol hidratado

O indicador diário do etanol hidratado, medido pela Esalq/BM&FBovespa Posto Paulínia, desvalorizou, fechando cotado a R$ 1.805,00 o metro cúbico, queda de 0,19% no comparativo com a véspera.

Fonte: Rafaela Giomo Fonte: Agência UDOP de Notícias

Compartilhe esta Notícia

Informativos Canaçúcar

Imprensa